sábado, 10 de abril de 2010

Morro de São Paulo - Bahia

Morro de São Paulo é um lugar lindíssimo e super rústico no sentido mais tropical da palavra. Simplesmente adorei.

Oh vida boa...

Ruas de areia...
Igrejinha no Centro


Clique na imagem acima para abrir o Google Maps

Como Chegamos
Fomos passar o Carnaval da casa de um amigo em Salvador e nos recomendaram relaxar na "Ressaca de Carnaval" (quarta-feira de cinzas até o domingo seguinte) em Morro de São Paulo. Valeu Luizinho e Maul pela dica. Fomos para lá de Catamarã. Existe a opção de avião (cara) e de ônibus até Valença depois de lancha (trabalhosa e demorada). O problema do catamarã é o enjôo, ele balança legal e é demorado. Eu tomei Dramin e fui cochilando nos péssimos bancos.

O barco chega no pier lá embaixo e o carrinho de mão é o taxi para as malas, muitas subidas e descidas

Onde ficamos
Me recomendaram ficar na Segunda Praia que é no meio de tudo. A meio caminho do Centro/Primeira Praia e da Terceira/Quarta Praia. Além de ter barraquinhas e movimento na areia durante a noite. Diversão gratuita. Pesquisei vários sites e dos mais amigáveis com melhores fotos a Pousada Club do Balanço tinha a tarifa mais barata. Essa época da Ressaca é vendida por pacote e é a tarifa mais alta do ano. O bom também é que os consumos da praia e do restaurante ficam na conta do quarto.

Para ir pros quartos é pela areia
Tem um restaurante ótimo na frente

O que fizemos
Pela manhã íamos até a Quarta Praia onde se formam ótimas piscinas naturais, acessíveis a pé. Pela tarde ficávamos em frente a pousada aproveitando as facilidades de ter o quarto perto e os serviços da pousada. Em um dos dias fizemos um passeio de lancha que circunda a ilha parando em alguns pontos para mergulho, fotos, degustação de ostras, etc.
Primeira Praia (tirolesa!!)
Segunda Praia
Terceira Praia
Quarta Praia
Uma atração muito interessante é assistir ao pôr-do-sol no Morro do Farol ou no Forte.

Morro do Farol (tem que ir lá em cima!)
Por-do-sol do Morro do Farol
Por-do-sol do Morro do Farol
Por-do-sol do Morro do Farol
Forte
Forte
Por-do-sol visto do Forte
Por-do-sol visto do Forte

O que comemos
Para quem quer (ou precisa) fazer uma desintoxicação de carne vermelha o Nordeste é o paraíso. Eu que não gosto de camarão até comi alguns e claro muitos peixes no cardápio. Frito, assado, ensopado... E tudo por um preço amigável comparado com São Paulo. Para quem é adepto de carne vermelha (como eu), não se preocupe também tem um restaurante argentino com parrillada lá!
Prefere lagostinhas?
Ou moquequinha no dendê?
No nosso hotel também tinha uma moqueca capixaba (sem dendê) deliciosa.

O que compramos
Não fiz muitas compras lá, achei o artesanato um pouco caro. Só comprei um brinco de capim dourado na feirinha que tem no Centro à noite.

Dicas
Compre a passagem para o catamarã com antecedência e verifique bem o horário que pode variar conforme os dias da semana. Para essa época de verão também é recomendável reservar o hotel com antecedência.
Para quem gosta de balada parece que existem uma ou duas no local, flyers e folders são distribuidos na praia. Como eu queria curar a ressaca de um carnaval em Salvador preferi acordar cedo para aproveitar as piscinas naturais que terminam ao meio-dia e pela noite só tomar uma baida/caipirinha nas barraquinhas na areia da Segunda Praia. Tem de tudo lá bebidas com todas as frutas imagináveis, crepe, espetinho, cachorro quente, pastel, tapioca, etc.