terça-feira, 27 de julho de 2010

Rio de Janeiro

Costumo ir para o Rio de Janeiro a trabalho. Morei lá por um ano, a trabalho também. E nos últimos 5 anos tenho ido praticamente uma vez por mês, mas sempre na correria durante a semana. Então este post é mais um relato destas visitas esporádicas que vem ocorrendo desde 2004.

 
Clique na imagem acima para abrir o Google Maps

Como Chegamos


O melhor jeito de chegar no Rio de Janeiro é pelo aeroporto de Santos Dumont. Se o dia estiver bonito e a aproximação for feita pela cidade melhor ainda, a normal é pela Baia de Guanabara. O Riq Freire tem um post lindo com fotos desta chegada espetacular.


Onde ficamos


Costumo ficar em hotéis executivos em Copacabana ou na casa de amigos. Os hotéis da Zona Sul, em bairros como Copacabana, Ipanema e Leblon são bem carinhos para um viajante comum. Só fico lá porque é pago pela empresa. Os sentimentos por Copacabana costumam ser de amor e ódio. Muita gente que eu conheço não gosta, mas acho que por ter morado lá um ano tenho um certo apego a este bairro. Gosto de fazer comprinhas na Nossa Senhora e caminhar na Orla no final do dia.

Há alguns dias atrás recebi alguns questionamentos a respeito do Rio pelo formulário de contatos do blog e a principal dúvida era onde ficar. Eu acredito que bairros como Botafogo, Flamengo, Largo do Machado e Catete sejam mais em conta, pelo menos para morar costumam ser, todos meus amigos moram por estas bandas, pois também tem acesso fácil ao metrô. Por outro lado, a oferta de hotéis não é tão grande quanto nos bairros citados anteriormente. Neste post tem um review dos hotéis que eu costumo ficar: Rio de Janeiro - Hotéis.

A Lapa e o Centro acho que não são muito recomendáveis, meus primeiros 10 dias no Rio foram no Hotel Guanabara no Centro e o hotel é ótimo. Mas eu morria de medo de sair dele à noite e ficava só no quarto chorando. Depois me mudei para o Rio Othon Palace, daí eu queria chorar por causa dos quartos, mas pelo menos a vista (para a praia) era bonita. Os tiroteios do Cantagalo e Pavãozinho ofuscavam um pouco. Os quartos reformados e de frente são bons, mas os laterais mais ao fundo são péssimos. Até pensei que pudessem ter melhorado depois de 5 anos, mas tive que voltar lá no começo deste ano e pude comprovar que eles continuam terríveis: apenas lâmpadas fracas em abajures, persianas quebradas, banheira musguenta e frigobar que não fechava direito. Além de uma visita de uma aranha no banheiro.

O que fizemos


Assim como São Paulo é difícil relatar tudo o que tem para fazer no Rio. Vou colocar abaixo umas fotos das coisas que já fiz por lá.

Bondinho do Pão de Açúcar
Uma das vistas de lá



Vista de um hotel de Copacabana de dia
Vista de um hotel de Copacabana de noite
De vários pontos da cidade pode-se avistar o Cristo
Pedra da Gávea
Vista de São Conrado desde a Pedra Bonita (subi a pé!)

Vista da Pedra Bonita também
Eu nunca fiquei lá no Natal, esta foto é da minha amiga Fabiana!

Essa também é da Fabiana
Também fui no Cristo Redentor, claro, mas tinha tanta gente que nenhuma foto prestou, me irritei e parei de tentar, fiquei só admirando a vista...

Links:
- Pão de Açúcar: Bondinho
- Cristo Redentor: Corcovado
- Pedra Bonita: Parque Nacional da Tijuca

O que comemos


O Rio tem muitas opções, eu gosto de ir em barzinhos-botecos como o Devassa, Belmonte ou Informal. Para beber em Copacabana tem os Mud Bug, tem um na Rodolfo Dantas e outro na Paula Freitas, são estilo pub, com cervejas importadas diversas. No estilo pub em Ipanema tem o Shenanigans, adoro as porções de lá também (fora a cerveja). Na Orla de Copa tem o Arab que é muito bom, tem um "rodízio" que é fantástico. Outro barzinho bom que tem em vários lugares é o Bar do Adão, tem vários sabores de pastel diferentes (adoro o Arretado, o Toscano, o Caprese, o Burrito, etc) e caipirinhas diferentes também (adoro a Caipadão, todas as frutas misturadas).

Uma coisa que não recomendo é pizza, procure escondidinho, caldinho de feijão, empadinhas (uhmmm), porções diversas, mas fuja da pizza! Sempre tem um amigo paulista desavisado que acha que pizza não tem erro, mas no Rio tem (só catchup salva, rs).

Apesar de ter reclamado do Othon eu estava com saudade do sanduíche de filé com fritas!
Arroz com lentilha no Arab

Caipirinha de Bergamota com Gengibre no Bar do Adão

Caipirinha em algum boteco de Copacabana

Picanha na chapa no Informal

Porção de frituras no Shenanigans

O que compramos


Eu adoro as roupas femininas no Rio de Janeiro, claro que nada de moda popozuda, mas lojinhas normais desconhecidas para o resto do Brasil são ótimas lá. Adoro a Dange, a Azul Limão e outras que tem perto da Siqueira Campos, Figueiredo Magalhães e Santa Clara. Na Santa Clara tem alguns edifícios (o 33 e o 75, por exemplo) que tem 12 andares de lojinhas de fábrica, tem roupas, acessórios, bijus, biquínis, cangas, fitness, etc. Uma vez ao ano eu costumo passar lá para verificar as novidades, gosto de comprar roupas de academia lá bem baratinho. Para quem estiver com um pouco mais de grana tem o Shopping Botafogo e o Rio Sul. E para quem estiver com bem mais dinheiro recomendo Ipanema e Leblon. Em Ipanema, as 3 ruas paralelas à praia: Prudente de Moraes, Visconde Pirajá e Barão da Torre tem várias lojas boas na altura da Praça Nossa Senhora da Paz. Para o meu bolso só em época de liquidação.

___________________________________________________________________
Compre os tickets para as atrações do Rio de Janeiro por este link e ajude o blog. Temos uma parceria com o Ticketbar e a cada reserva realizada pelos nossos links você ajuda a manter o blog.
___________________________________________________________________