sábado, 13 de março de 2010

Foz do Iguaçu

Não posso dizer que conheci muito da cidade, mas nas redondezas fomos em quase tudo que tínhamos direito. Foz do Iguaçu me pareceu bem simples, mas limpa e organizada. Estava duvidando um pouco da organização devido à proximidade com o Paraguai. 

Cataratas do Iguaçu


Clique na imagem acima para abrir o Google Maps


Como Chegamos
Fomos de pacote da CVC, como era feriado e deixamos para última hora o pacote estava valendo a pena.

Onde ficamos
Ficamos no Nadai Confort Hotel. Bem simples, dá pra ir a pé no Shopping. Caso você queira procurar outro hotel ao invés de comprar um pacote da CVC, procure aqui.

O que fizemos
No primeiro dia fomos ao Paraguai fazer umas comprinhas e à tarde tínhamos agendado uma visita técnica à Usina Hidrelétrica de Itaipú. Esse passeio foi bem legal (fomos em 6 engenheiras químicas). Ficamos aguardando a Iluminação Monumental, essa foi meio graça, muito blá blá blá criando expectativa e depois nada emocionante. As fotos desta parte não ficaram muito boas. E um detalhe bem importante, até a lanchonete fecha antes dessa "atração", ficamos aguardando com fome e sede do lado de fora. A lanchonete reabre uma meia hora antes da Iluminação.
Represa de Itaipu
No dia seguinte fomos às Cataratas do Iguaçu, cujo passeio estava incluído no pacote da CVC, para o Paraguai era cobrado à parte então fomos de van. 
Quati










Após as Cataratas fomos no Free Shop e no Casino em Puerto Iguazu, Argentina. O Free Shop é enorme e com bons preços para roupas, perfumes, chocolates e óculos. Para eletrônicos não achei muito convidativo. Dá para passar horas lá dentro, tem até um café e enquanto estávamos lá algumas funcionárias distribuíram chocolates e refrigerante.
Ah, do Casino posso dizer que fiquei US$10 mais pobre. E uma colega ganhou US$10. Só nos arriscamos nos caça-níqueis.

O que comemos
Um dia fomos no Shopping e perto do hotel também havia restaurantes simples.

O que compramos
Tudo que tínhamos direito! Comprei alguns eletrodomésticos, cremes e maquiagens no Paraguai. No Free Shop comprei roupas, perfumes e chocolates.

Dicas
Cuidado apenas que ao ir de avião, pode ser necessário apresentar o comprovante da Aduana para o embarque no aeroporto de Foz. Nós arriscamos e passamos direto pela ponte, pois a fila estava imensa (sábado) e tínhamos a visita à Itaipu agendada para as 16h. No aeroporto, antes mesmo do check-in todas as bagagens são passadas pelo raio-x e caso dê vontade os fiscais podem solicitar o formulário da Aduana carimbado. Minha sorte foi que o casal da frente tinha muita muamba e foi parado, eu passei "no vácuo" antes deles desligarem o raio-x para verificar a bagagem do casal. Minhas amigas não tinham nada muito chamativo como o Juicer que eu trazia na mala e todas passaram ilesas também.

Atualização
Veja também os posts atuais sobre a viagem de 2011 à Foz do Iguaçu.

8 comentários:

  1. Carol, faz muito tempo que eu fui pra Foz. MUITO mesmo, eu era adolescente ainda. Mas ando lendo tantos relatos sobre Foz ultimamente que ando pensando seriamente em rever as belas cataratas...

    ResponderExcluir
  2. Mari,
    Ao tentar escolher o destino da viagem, ficamos mirabolando lugares fora do Brasil ou Nordeste. Então eu olhei alguns guias do Brasil (para estrangeiros) e observei que o que mais aparece nas fotos de capa são a Amazônia e as Cataratas, como somos do Sul, sugeri Foz que é mais perto para um feriadão de 3 dias. E por incrível que pareça ninguém conhecia (ou tinha ido na infância e não lembrava). Um lugar tão bonito e nem tão valorizado internamente.

    ResponderExcluir
  3. Boa noite, voce saberia me dizer se o preço das roupas no duty free é mesmo a metade do preço praticado no Brasil? caso saiba tenho interesse nas lacoste, ficarei grato caso responda.

    ResponderExcluir
  4. Anônimo,
    Confesso que não prestei muita atenção nas roupas, olhei mais cosméticos e perfumes que valem muito a pena e eletrônicos que não valiam a pena. De roupas só trouxe algumas camisetas da Rip Curl que estavam realmente pela metade do preço do Brasil. Lacoste pelo que verifiquei na lista do site não é vendido lá.

    ResponderExcluir
  5. Oi, pretendo viajar sozinha em dezembro, antes do natal, e procurando alguns destinos na internet vi seu blog.
    Tenho algumas duvidas: Consigo fazer um roteiro pra ir no mesmo dia pra Argentina e Paraguai ou vc recomenda cada dia um lugar?
    É possivel ir à pé ou tem passeios pra estes paises?
    Consigo comprar nu Duty Free sem ter passagem aerea pra estes paises?

    ResponderExcluir
  6. Oi Rafaela,
    Fica meio apertado ir em mais de um destino por dia. São tantas opções de compras em cada lugar que sempre vai ser demorado, sem contar as filas nas fronteiras, ainda mais na época de Natal.
    A pé é um pouco complicado, pelo menos uma parte teria que ser de ônibus. Mas muitas pessoas atravessam a ponte da Amizade a pé. Para a Argentina acho mais difícil, o Free Shop é numa estrada e não tem nada próximo. Não precisa de passagem aérea, pois as lojas estão nos outros países, porém o limite é de US$300 pois é via terrestre.

    ResponderExcluir
  7. Amiga, estou indo dia 20 agora para foz do iguaçu e volto dia 27, não tenho nem noção da onde ir, como funciona lá sobre ir a argentina e ir ao parguai? queria conhecer foz primeiro antes de ir ao paraguai e a argentina, teria como você me indicar alguns pontos turisticos? se lembrar dos preços me fale também por favor. e como funciona para irmos a argentina e paraguai? quanto que fica, queria um jeito economico. Tem algum passeio na argentina que valha a pena? as coisas na argentina e paraguai soa barata memso? queria comprar coisas originais, de marca, é possível comprar mais em conta que no brasil? como funciona a compra com nota fiscal la no paraguai? na argentina tem lugar de boas compras? e quanto que fica para ir la? aguardo respostas, obrigada. Luana luana_rocha13@hotmail.com

    ResponderExcluir
  8. Olá pessoal, passei aqui para deixar um mini relatório da minha viagem que aconteceu em mar/2012, muito boa. Não encontrei nenhum translado anteriormente acessível, tinha a intenção de alugar um carro, alias dois devido a estarmos em familia, total de 8 pessoas. Chegando no aeroporto pegamos o taxi para a pousada, no caminho o taxista fez contato com conhecidos para fazer os translados para os pontos turisticos, além de ser preço melhor do que os pesquisados deixei para verificar na pousada, lá conseguimos um preço melhor, peguei o contato do cara da van, atencioso, gente boa, valeu a pena e deu boas dicas, (Heberth dos Santos, 45- 35252471/99760093; heberth_betinho1@hotmail.com). A pousada ficamos na El Shadai, simples mais boa, os pontos turisticos são muito bons, cataratas, parque das aves, itaipu. No paraguai é muito interessante os preços, tem que ficar atento quanto as cotas, porém no aéroporto passamos sem problemas, lembrando que o que passar no seu corpo não é verificado na receita, somente no detector de metais que é outra coisa, o foco da receita é grandes quantidades do mesmo produto ou de alto valor.
    No mais foi muito bom, curtimos e aproveitamos bem o tempo que tivemos por lá.

    Recomendo.

    ResponderExcluir