domingo, 10 de maio de 2015

Lollapalooza - Dicas

Não é muito o tipo de post que costumo fazer, mas acho que pode ajudar quem pensa em ir a um próximo Lollapalooza ou evento em Interlagos.



domingo, 3 de maio de 2015

2 dias em Santiago

Já fui para Santiago em 2008 e adorei. Porém, naquela ocasião não consegui conhecer muito a cidade, pois fiz muitos passeios de dia inteiro, como Valle Nevado, Viña del Mar e Valparaíso, vinícolas e trem do vinho. Desta vez, quis curtir bem a cidade.


domingo, 26 de abril de 2015

Juquehy - São Paulo

Juquehy (ou Juqueí, Juquey, Juquehi, sei lá, vi escrito de todas as formas...) é uma praia do litoral norte de São Paulo que fica a uns 90 km de Santos (115 km se for por Cubatão). Passei o feriado de Páscoa lá e foi bem bom.

Juquehy vista do mirante no caminho para Barra do Una 
O bom desta região é que tem várias enseadinhas lindas muito próximas uma da outra, dá para pegar praia numa, almoçar em outra e balada em outra.


domingo, 19 de abril de 2015

Review da Sony HX-50

A pedidos estou fazendo este post sobre a câmera nova que eu comprei.

Na minha última viagem de férias para a Andaluzia e Algarve, mudei várias vezes de cidade e caminhei muito, nestas horas o peso dos equipamentos deve ser considerado. Pensei muito se levava iPad e/ou notebook. Por causa do blog acabei levando o notebook, pois mais fácil de fazer backup de fotos, escrever e postar à noite no hotel. Porém tinha um outro peso/volume que incomodou muito durante os passeios: a máquina fotográfica. Tenho uma Canon 500D é a versão inglesa da T1i e uso uma lente 18-200 mm por preguiça de ficar trocando lentes. Este conjuntinho pesa aproximadamente 1.5 kg. Um quilo e meio pendurado o dia inteiro, fora a bolsa que tem água, carteira, casaco, algumas vezes guia, sombrinha, protetor solar, petiscos, etc. Voltei da viagem querendo jogar a câmera longe!!! (calma, não farei isso...)

Com a previsão de viajar para os Estados Unidos nas próximas férias comecei a pesquisar sobre câmeras compactas. Falei também com o Robson do Um Viajante, depois de ler este post Qual câmera escolher?. Conheci o Robson no Curitiblogando e resolvi incomodá-lo um pouco (acho que foi pouco, rs). Também falei com o fotógrafo da Refinaria, o Wilson Melo, sócio-proprietário do Casa das Fotos.

Pedi para os dois dicas de máquinas leves, com alguns ajustes manuais e zoom, o que eles comprariam neste caso. O Robson me indicou a Sony RX-100 II, é uma câmera excelente, mas estava bem fora do meu orçamento (tem a RX-100 que é mais em conta, mas ainda fora do meu orçamento) e eu estava querendo mais zoom, pois estava acostumada com uma lente de 200mm, queria isso pelo menos. O Wilson me indicou a Canon SX50, tem bom zoom 50x e 12 MP, porém é uma câmera já antiga e não tem wifi, GPS e agora não me lembro, mas acho que não faz panorâmica. Deixo com vocês estas sugestões de duas pessoas que eu acho que tem mais experiência com fotografia do que eu.

O Wilson disse para eu me manter nas Canon que tem uma assistência técnica excelente. O Robson gosta muito de Sony e eu sempre tive Sony antes da minha DSLR. Resolvi voltar para a Sony. Primeiro pensei neste modelo que tem zoom de 63x: DSC H400. Zoom poderoso, mas não tão compacta e sem vários recursos.

Olhando sites como CameraversuscameraDpreview comecei a descobrir outros modelos. Assim cheguei na Sony HX-50.

O que me chamou a atenção foi: peso (246g!!!), tamanho, zoom 30x, 20 MP, flash embutido, sensor CMOS, wifi, fotos 3D, panorâmicas e HDR. Contras: não tem GPS, RAW e visor ocular. Se eu não citei alguma coisa é porque não entendo mesmo de fotografia, vejam os links com os reviews completos abaixo:

http://www.sony.pt/electronics/camaras-cyber-shot-compactas/dsc-hx50-hx50v
http://www.cameraversuscamera.com.br/cameras/shx50/ck_shx50.htm
http://www.dpreview.com/products/sony/compacts/sony_dschx50v

domingo, 5 de abril de 2015

Flamenco na Andaluzia

Fui para a Andaluzia pensando em assistir um ou dois shows de flamenco em Sevilha, nem pesquisei em outras cidades. Mas não é que estou no meu segundo destino e a recepcionista brasileira do meu hotel pergunta se eu não vou assistir a um show numa "cueva de flamenco". Não fazia ideia de que existiam cuevas de flamenco em Granada. No final consegui ir em 3 shows de flamenco durante a minha estadia de 9 dias na Andaluzia. Vou contar um pouquinho como foi cada um.


terça-feira, 31 de março de 2015

Sevilha - 2° Dia

Sabem aqueles dias que você olha a previsão do tempo, ela diz 2% de chuva e você pensa: quem colocaria uma porcentagem tão baixa, isso é zero, ainda mais num lugar seco igual à Andaluzia. Pois é, meu conselho é não desprezar mais este tipo de informação. Fui visitar a Catedral de Sevilha com a famosa La Giralda que é a torre da igreja (atual campanário e antigo minarete da mesquita árabe) e de onde se tem uma boa visão de toda a cidade. Entrei na igreja, dei uma volta e depois de subir as 17 rampas descobri que estava chovendo!! Com previsão de 2%!!! Tirei dezenas de fotos ruins, até que o tempo melhorou um pouquinho e consegui refazer umas fotos.